O blog de saúde das redes públicas de rádio (NPR) dos Estados Unidos publicou recentemente um post interessante sobre a proibição de comidas não saudáveis em escolas.  O blog questiona o atraso norte-americano em regular essa questão, enquanto países como Escócia e Japão já passaram há anos legislações nesse sentido – isso sem falar no México e na Espanha.

Enquanto os EUA podem estar atrasados para a discussão, pelo menos o país passou em dezembro uma lei para melhorar os lanches escolares, promovida pela campanha “Let’s Move”, da primeira-dama Michelle Obama. No Brasil, a discussão ainda engatinha, com a chamada “lei anticoxinha” esperando a aprovação do Senado. Com o alto apelo publicitário voltado ao público infantil da indústria alimentícia e nenhuma legislação regulamentando a questão, não é a toa que uma em cada três crianças brasileiras de 5 a 9 anos tem excesso de peso...

No seu post, o blog da NPR coloca uma compilação de fotos de bandejas, comparando os lanches escolares de diversos países – é de lá que vem a imagem que ilustra esse post. Interessante ver a qualidade dos alimentos ingeridos pelas crianças em diferentes cidades do mundo.

Compartilhe :   

Comentários encerrados.