Permitir marketing dirigido a crianças dentro da escola é uma saída para a falta de recursos? Embora algumas escolas estejam vendo a publicação de anúncios dentro do ambiente escolar como uma maneira de suprir seus problemas financeiros, um novo estudo mostrou que a publicidade dentro das escolas não é uma maneira efetiva de resolver problemas de recursos.

Segundo a pesquisa, realizada nos 25 maiores distritos escolares dos Estados Unidos, nenhum dos 10 distritos que mantinham programas de comunicação mercadológica dentro de escolas gerou uma porcentagem acima de 0,03% a mais de renda devido a iniciativa.

O estudo chama atenção para o fato de que enquanto os custos da exposição de crianças a publicidade de produtos é alto demais, os seus resultados financeiros são extremamente fracos, levando a reflexão de quais seriam os reais benefícios desse tipo de iniciativa. A discussão traz a tona o caso do Alagoas que decidiu permitir a estampa de logos de empresas que fazem doações no próprio uniforme das crianças, expondo os alunos a um conteúdo publicitário dentro do ambiente de ensino, sem que elas consigam diferenciá-lo do momento de aprendizagem. Seria mesmo essa a melhor resposta para a falta de recursos do ensino público no estado?

Compartilhe :   

Comentários encerrados.