O Dia das Mães está chegando. A data é uma das que mais estimula o consumo e há um verdadeiro bombardeio de promoções e publicidades, que atraem crianças e adultos das mais variadas idades a comprarem alguma coisa para suas mães. Os comerciais passam a ideia de que presentear nessa época é quase uma obrigação. “Dê de presente para sua mãe esse lindo celular para retribuir todo amor que ela te dá”. Será que se resume a isso?.

Dá para tentar fugir um pouco desse lugar comum e comemorar a data de outras formas. Melhor do que o que as mensagens comerciais prometem, o filho tem o privilégio de fazer sua mãe feliz de outras maneiras. Por exemplo, um cartão feito à mão pode superar um produto caro. Imagine a sua mãe imaginando como você se debruçou para criar um texto, um desenho e uma mensagem só para ela? Também dá para fazer um café da manhã com toda a família, preparado pela criança com a ajuda do pai, de uma tia, da avó ou (por que não?) da própria mãe. Um simples abraço e um sorriso podem significar muito mais do que um presente.

Nas famílias com crianças pequenas, o dia pode ser comemorado com passeios especiais, como um piquenique em uma praça. Para quem gosta de bike, uma dica são as Ciclofaixas ou os parques.

Dando essas alternativas, ajudamos as crianças a perceberem que o carinho, a convivência e as experiências vividas em família valem muito mais do que qualquer objeto comprado no shopping.

Compartilhe :   

Comentários encerrados.