Ainda sobre a pesquisa da Nick, tema de post na semana passada, são curiosos os dados sobre criatividade. Segundo a pesquisa, assistir a programas infantis ou a desenhos foi considerado por mães de filhos de 2 a 12 anos como mais estimulantes à criatividade dos pequenos do que atividades como fazer lição de casa, ouvir música e conversar com crianças de outras idades.

O questionamento fica a cargo do conteúdo desses programas e quanto eles são apropriados para a idade das crianças que o assistem. Estudos mostram, por exemplo, que crianças com menos de 3 anos não devem ser expostas a TV. Mas também existem diversos programas infantis educativos, que transmitem valores e que podem estimular a criatividade. A questão é: será que a telinha é a que mais estimula a criatividade das crianças? Um assunto para pensar.

Além disso, fica a ponderação sobre o excesso de tempo que os pequenos ficam na frente da televisão. Segundo dados do Ibope, as crianças brasileiras são as que mais assistem à televisão no mundo, passando quase cinco horas por dia na frente da tela.

Mas o que preocupa muito é a exposição dos pequenos a mensagens publicitárias. No intervalo desses programas, que as emissoras transmitem, passam chamadas desenvolvidas diretamente para chamar atenção do público infantil, que, sem a mediação de um adulto, fica a mercê dos apelos publicitários. Leia mais sobre essa questão no site do Projeto.

Compartilhe :   
  1. Claudia Cruz
    Claudia Cruz em Quarta-feira 19 Janeiro 2011 21:03
    Acabo de perguntar para meu filho de 6 anos se ele preferia ver Bakugan ou Ben 10 na TV ou brincar comigo! Alívio: ele prefere brincar comigo!! Ufa...

Comentários encerrados.