Na terça-feira passada, 19 de julho, convidamos o nutrólogo e pediatra José Augusto Taddei e a advogada do Criança e Consumo Tamara Gonçalves para participar de um bate-papo ao vivo com os seguidores do nosso perfil no Twitter. A conversa durou uma hora, das 17h às 18h, e abordou diversos aspectos da alimentação infantil, passando por temas como a importância do leite materno, o consumo excessivo de alimentos ultraprocessados e a influência negativa da publicidade de produtos com alto teor ...


As revistas de fofoca não deram essa notícia, mas o Ken e a Barbie recentemente terminaram seu namoro de décadas. O motivo? Veja: Brincadeiras à parte, a denúncia é grave. Imagine quantas Barbies e quantos Max Steel são vendidos todos os anos pelo mundo afora. Agora imagine quanto material é preciso para embalar todos esses bonecos. Não é pouca coisa.O problema é que os fabricantes de brinquedos de todo o mundo tem fechado os olhos para a origem da matéria-prima ...


Nossa blogagem coletiva sobre ética e regulação da publicidade acabou. Tivemos muitas contribuições legais. As primeiras foram registradas aqui. Ao longo da semana passada até a última quarta-feira, recebemos novos posts sobre o tema, que valem a pena ser compartilhados por levantarem reflexões fundamentais nesse debate.A jornalista e blogueira Samantha Shiraishi concorda que há excessos na publicidade, mas acredita que a maior responsabilidade na proteção da infância é dos pais. Opinião também do Instituto Sidarta.Nós, do Projeto Criança e Consumo, ...


Leia artigo do Criança e Consumo publicado na Caros AmigosTexto publicado no site da revista Caros Amigos fala sobre as discussões em torno da regulação da publicidade dirigida às crianças e sobre a ineficiência da autorregulação na proteção da infância frente às relações de consumo.As propostas de regulação da publicidade dirigida ao público infantil têm sido amplamente debatidas por representantes dos poderes Executivo e Legislativo junto com mercado, movimentos sociais e instituições que defendem os direitos das crianças frente às ...


Como fazer com que entidades da sociedade civil e o Estado transformem boas idéias em políticas públicas de proteção à primeira infância? Esse é o mote da publicação lançada neste ano pela Rede Nacional Primeira Infância, que agrega diversos relatos de instituições que têm em comum essa tarefa. Isabella Henriques, Pedro Affonso e eu contribuímos para esta publicação com um artigo em que detalhamos a atividade de advocacy realizada aqui no Criança e Consumo em torno do Projeto de Lei ...


O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Araujo de Lacerda, do PSB, vetou em 14 de julho, a proposição de lei que impediria a comercialização de alimentos junto com brindes ou brinquedos. A proposta, de autoria da vereadora Maria Lúcia Scarpelli, do PC do B, havia sido aprovada pela Assembléia Legislativa por 36 vereadores. Segundo Lacerda, o projeto de lei, ao defender a saúde coletiva, fere o direito das empresas de explorar um segmento comercial. “O que se propõe estudar, e ...


A casa estava cheia para a exibição do documentário “Criança, a alma do negócio” em Porto Alegre. Cerca de 80 pessoas participaram do evento na Livraria Cultura do Shopping Bourbon Country, mesmo com a chuva que caía na capital gaúcha na última quarta-feira. O debate que aconteceu depois da exibição do filme contou com a participação do professor convidado da UFRGS e conselheiro do Projeto Criança e Consumo, Pedrinho Guareschi, do Procurador Regional da República, Dr. Domingos Hirsch, e da ...


O Centro de Estudos de Direito do Consumo de Coimbra (CEDC) criou, neste ano, a comissão Criança e Consumo, que pretende discutir a questão do consumismo infantil.O professor da Universidade Lusófona do Porto, Paulo Morais, foi convidado para presidir a comissão. Ex-presidente da Câmara Municipal do Porto, ele tem se dedicado à análise desse problema no mundo.Aqui no Brasil, o Projeto Criança e Consumo também mobiliza ações para debater o tema. Dia 19 de julho, das 17h às 18h, o ...


O Projeto Criança e Consumo começou sua atuação em parceria com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, mais especificamente com os Programas Escola da Família e Prevenção também se ensina, com a minha participação na videoconferência Publicidade, Consumo e infância organizada pela Rede do saber no dia 11 de julho. A videoconferência era fechada e destinada a coordenadores e diretores das escolas estaduais da rede pública do estado de São Paulo e contou com a participação de ...


Em abril, o Projeto Criança e Consumo, do Instituto Alana, fez uma denúncia formal ao Conar (Conselho de Autorregulamentação Publicitária) a respeito de uma campanha do McLanche Feliz veiculada durante trailer da animação infantil “Rio”. A justificativa da denúncia apontava para a violação da empresa ao seu próprio código de ética e ao acordo de autorregulamentação firmado pela indústria alimentícia junta à ABIA e à ABA em 2009. A resposta do Conar arquivando o caso veio quase dois meses depois, ...


As férias chegaram e junto com elas o temor e a ansiedade dos pais de inventar uma intensa programação para os filhos sem o sol do verão. Quando trabalhamos muito e não temos a casa da vovó disponível fica tudo mais difícil e ainda corremos o risco de deixar nossas crianças na frente das telinhas ou passeando nos shoppings. Uma possibilidade é a gente conseguir concialiar as nossas férias com a da garotada e fazer uma programação repleta de novidades ...


Temos mais um motivo para continuar o debate sobre ética e regulação de publicidade dirigida a crianças. O editorial de hoje da Folha de S.Paulo afirma que a responsabilidade de educar os filhos é só dos pais e que o Conar é a única entidade capaz de garantir a ética no setor. Será? Não é o que temos visto... Além de insuficiente para lidar com denúncias da população, o Conar ainda se mostrou nada comprometido com a infância brasileira. Na ...


Já está tudo acertado para o chat sobre consumo de alimentos que promoveremos no Twitter! O bate-papo está marcado para terça-feira, dia 19 de julho, das 17h às 18h. A ideia é conversar sobre as dificuldades dos pais em lidar com a publicidade de alimentos pouco nutritivos, que seduzem as crianças para o consumo. Seu filho escolhe os alimentos que quer baseado nos brindes ou nas embalagens? Uma pesquisa do Idec mostrou, por exemplo, que a maioria dos alimentos que ...


A psicóloga Maria Helena Masquetti, do Projeto Criança e Consumo, participou do programa allTV Debate, que abordou as consequências do consumismo infantil. Maria Helena falou sobre a influência da publicidade no público infantil, considerado hipervulnerável. "Pela criança acreditar no que ela ouve e no que ela vê, fica muito mais fácil dizer algo fantasioso, ou lúdico, e convencê-la de que ela precisa daquele brinquedo", explicou.Assista a íntegra do programa:


O deputado Emiliano José (PT-BA) fez discurso ontem em Plenário, manifestando-se a favor do Instituto Alana e repudiando a atitude do CONAR. O deputado se coloca não só contra o arquivamento da denúncia do Instituto Alana - para ele, considerado um "equívoco" - mas também debate os argumentos explicitados no parecer do CONAR, que, a seu ver, foi "inaceitável". O político ainda relata sua falta de confiança na autorregulamentação: "não confio na possibilidade de a autorregulamentação ser suficiente para conter ...


O que você acha de uma organização que pretende fiscalizar a ética da publicidade e assina por unanimidade um parecer como esse sobre uma denúncia da sociedade civil organizada? Na semana passada, a equipe do Projeto Criança e Consumo, do Instituto Alana, recebeu com espanto e indignação o relatório do Conar a respeito de um questionamento sobre campanha do McLanche Feliz, veiculada em cinemas durante trailer do filme infantil "Rio" e que falava diretamente com crianças.O caso, que repercutiu na ...


O recente parecer publicado pelo Conar relativo à denúncia da campanha publicitária do McDonald’s para a comercialização de lanches acompanhados por brinquedos com temáticas da animação “Rio” mostra que os conselheiros deste suposto Conselho de Ética desconhecem a realidade brasileira e são preconceituosos.O desconhecimento da realidade nacional fica claro quando o órgão, na voz do conselheiro que assume a relatoria do caso, diz que a questão da obesidade é menos importante, no cenário nacional, do que a desnutrição. Ora, não ...


A ANDI, Agência de Notícias dos Direitos da Infância, publicou em seu site no dia 30 de junho, em apoio ao Instituto Alana, uma matéria a respeito do parecer do CONAR sobre denúncia do Instituto Alana. O IDEC, Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, e a PROTESTE também divulgaram textos em apoio ao Criança e Consumo. Leia os textos abaixo:Para Instituto Alana o CONAR extrapolou os limites da ética e do razoável - ANDINa última última segunda-feira, o Projeto Criança ...


Se você não viu o comportamento lamentável de um conselheiro do Conar com uma denúncia feita pelo Projeto Criança e Consumo, veja aqui. Se acompanhou pelo nosso blog e pelo noticiário, mais uma escorregada – pra não diz capote – daquele que deveria zelar pela ética na publicidade: segundo o parecer, votado por unanimidade nas Primeira e Sétima Câmaras do Conselho de Ética do Conar e que engavetou denúncia contra campanha do McLanche Feliz, o problema da obesidade infantil não ...


Durante mais de duas horas de palestra, educadores, pais e líderes comunitários foram inundados com informações e dados sobre o problema da mercantilização da infância. Esse foi o resultado da “Capacitação de Multiplicadores: Desafios e alternativas para o problema do consumismo na infância”, realizada ontem no Sesc Pinheiros, que tinha como objetivo levar conteúdo e formar profissionais capazes de replicar o conhecimento a respeito do consumismo infantil, para conscientizar cada vez mais pessoas sobre o problema. A capacitação em São ...