O coletivo de pais e mães do movimento Infância Livre do Consumismo (ILC) enviou uma carta aberta em que critica a atuação do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar). Na carta, o ILC chama atenção para duas denúncias encaminhadas ao Conar na época da Páscoa, em abril, que tiveram resposta com dois meses de atraso: o órgão recomendou a sustação da campanha da Telessena de Páscoa e enviou uma advertência à Ambev pela campanha de lançamento de ovos de Páscoa ...