Um grupo de pais e mães lançou ontem no Facebook uma campanha por uma Infância Livre de Consumismo. A iniciativa é uma resposta clara e direta a uma ação lançada pelo mercado publicitário no início do mês com o objetivo de defender a publicidade infantil e responsabilizar unicamente os pais na hora de proteger as crianças dos apelos ao consumo.

A campanha Infância Livre de Consumismo propõe um canal de diálogo verdadeiro com toda a sociedade sobre a influência da publicidade na formação das crianças e acredita que para que pais e mães possam cumprir sua responsabilidade de educar os filhos para a cidadania e a sustentabilidade, é preciso um apoio efetivo do Estado e a responsabilização também de empresas privadas, veículos de comunicação e agências de publicidade.

“Somos pais e mães conscientes e presentes e não aceitamos que atribuam a nós a responsabilidade pela forte influência da publicidade na formação de nossas crianças”, diz o manifesto da campanha.

Nós, do Projeto Criança e Consumo, também acreditamos que responsabilizar apenas os pais – deixando o mercado agir segundo suas próprias regras, sem qualquer limitação legal – é injusto com os pais e irresponsável com as crianças. A responsabilidade pela proteção da infância precisa ser compartilhada.

Apoiamos a campanha e acreditamos que iniciativas como essa são fundamentais para que o tema ganhe as ruas e passe a ser de toda a sociedade: dos pais e mães indignados, dos educadores preocupados, dos cidadãos antenados. Só assim, com diálogo honesto e aberto, poderemos avançar.

Não deixem de participar e divulgar! A página da campanha no Facebook é https://www.facebook.com/InfanciaLivredeConsumismo. Há também um canal no Twitter e no YouTube

Compartilhe :   
  1. Carla
    Carla em Segunda-feira 20 Agosto 2012 17:14
    Ola pessoal ontem de madrugada,mudando o canal da tv,parei na cultura se nao me falha a memoria,e assisti uma coisa maravilhosa,vcs falando da importancia dos alimentos e da exposicao deles na infancia eu amei,fiz um esforco para nao dormi e achei um absurdo um assunto desta importancia no nosso pais,e ser abortado de madrugada,mas tenho certeza que foi muito dificil pra vcs conseguir este espaco,sou de Sao Paulo e quero fazer parte desta parceria tao maravilhosa e principalmente sou MAE. bjs a todas vcs que de uma forma ou de outra,estao nos ajudando,OBRIGADA.

Comentários encerrados.