Acabaram as férias e é tempo de recomeçar. Esse momento de retorno a escola pode ser também uma boa época para repensarmos os conceitos transmitidos aos nossos filhos e sobre a importância de não passarmos valores consumistas. Eis a questão: será que precisamos comprar tudo de novo? Mochila, estojo, lápis e lancheira senão nossos pequenos não serão aceitos na turma? Claro que não! Podemos só repor algumas coisas que faltam e reaproveitar outras. Pode ser bacana tirar um dia para arrumar o material com as crianças: limpar a mochila, apontar os lápis e arrumar o estojo. Você vai ver que muitos materiais ainda devem estar bons para usar.

Outra dica é mostrar aos pequenos que podemos voltar às aulas com novidades diferentes e não só com materiais novos. Voltar às aulas pode significar muitas histórias para contar, então faça com seu filho um diário de férias com fotos e registros de momentos divertidos para que ele possa compartilhar essas novidades com os amigos.

Assim, as crianças vão começando a entender que não precisamos somente de objetos para sermos aceitos e nos socializarmos. E não se esqueça: as férias acabaram, mas as brincadeiras devem continuar sempre. Porque brincar é coisa séria. É importantíssimo ao longo de todo ano oferecermos tempo e espaço na rotina das crianças para que elas possam brincar livremente. Brincando elas aprendem, exercitam comportamentos adultos, sua capacidade criativa e se socializam.

Leia a newsletter especial do Criança e Consumo, sobre a importância do brincar:
http://www.alana.org.br/_news/2009/out/ed-brincar/newsletter-outubro-2009-ed-brincar.html

Compartilhe :   
  1. Lucia Mello
    Lucia Mello em Terça-feira 15 Fevereiro 2011 16:06
    Parabéns pela ideia; um ser humano sustentável começa por está reflexão, na Família, na Escola e na Sociedade.A autora não se proporia a dar palestra sobre o tema?
    Atenciosamente,
    lúcia Mello
  2. Equipe Projeto Criança e Consumo
    Equipe Projeto Criança e Consumo em Terça-feira 22 Fevereiro 2011 16:40
    Olá Lucia, faz parte da nossa política de formação e de multiplicação do debate sobre o consumismo na infância oferecermos palestras. Para atendermos melhor às demandas, o público desses encontros deve ser adulto e maior do que 50 pessoas. Para pedidos de palestra que aconteçam fora da cidade de São Paulo pedimos que a instituição interessada arque com as despesas de viagem.
    Em nosso site, você pode também encontrar apresentações que foram realizadas desde o início de nossas atividades: http://www.alana.org.br/CriancaConsumo/Educacao.aspx?v=1.
    Qualquer dúvida, por gentileza, entre em contato pelo e-mail criancaeconsumo@alana.org.br. Um abraço e obrigada por contribuir com o debate.

Comentários encerrados.