Тag : Conar

O coletivo de pais e mães do movimento Infância Livre do Consumismo (ILC) enviou uma carta aberta em que critica a atuação do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar). Na carta, o ILC chama atenção para duas denúncias encaminhadas ao Conar na época da Páscoa, em abril, que tiveram resposta com dois meses de atraso: o órgão recomendou a sustação da campanha da Telessena de Páscoa e enviou uma advertência à Ambev pela campanha de lançamento de ovos de Páscoa ...


Segundo nota publicada nessa semana no Meio&Mensagem Online, o Conar diminuiu o ritmo de julgamentos em 2011: foram 366 contra 402 avaliados em 2010. O desempenho é o mais baixo dos últimos cinco anos. E engana-se quem pensa que as polêmicas em torno da publicidade arrefeceram também. Pelo contrário. O debate sobre ética e responsabilidade na área só cresce, o que também contribui para que a sociedade fique cada vez mais atenta a essa questão.Embora tenha esbravejado por aí sobre ...


Os fatos tendem a perder força quando deixam de ter valor de notícia. Mas quando se trata de assuntos que atingem questões fundamentais, como a busca por uma sociedade mais igualitária, é preciso relembrar episódios que não podem cair no esquecimento.No fim de junho, o Conar (Conselho de Autorregulamentação Publicitária) enviou um parecer extremamente ofensivo sobre uma denúncia do Instituto Alana contra campanha do McDonald’s dirigida ao público infantil. No documento, o relator do caso chamava o Alana de “bruxa ...


O Conar divulgou essa semana seu novo parecer sobre o caso da campanha McLanche Feliz Rio. O caso havia sido reaberto após o Conar divulgar um primeiro parecer, extremamente ofensivo contra o Instituto Alana, em que o órgão chamava o Instituto de “bruxa” e minimizava o problema da obesidade infantil. Depois de muita comoção e repercussão na sociedade e na imprensa, o Conar reabriu a denúncia do Criança e Consumo para divulgar ontem – meses após a publicidade e o ...


Nossa blogagem coletiva sobre ética e regulação da publicidade acabou. Tivemos muitas contribuições legais. As primeiras foram registradas aqui. Ao longo da semana passada até a última quarta-feira, recebemos novos posts sobre o tema, que valem a pena ser compartilhados por levantarem reflexões fundamentais nesse debate.A jornalista e blogueira Samantha Shiraishi concorda que há excessos na publicidade, mas acredita que a maior responsabilidade na proteção da infância é dos pais. Opinião também do Instituto Sidarta.Nós, do Projeto Criança e Consumo, ...


O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Araujo de Lacerda, do PSB, vetou em 14 de julho, a proposição de lei que impediria a comercialização de alimentos junto com brindes ou brinquedos. A proposta, de autoria da vereadora Maria Lúcia Scarpelli, do PC do B, havia sido aprovada pela Assembléia Legislativa por 36 vereadores. Segundo Lacerda, o projeto de lei, ao defender a saúde coletiva, fere o direito das empresas de explorar um segmento comercial. “O que se propõe estudar, e ...


Em abril, o Projeto Criança e Consumo, do Instituto Alana, fez uma denúncia formal ao Conar (Conselho de Autorregulamentação Publicitária) a respeito de uma campanha do McLanche Feliz veiculada durante trailer da animação infantil “Rio”. A justificativa da denúncia apontava para a violação da empresa ao seu próprio código de ética e ao acordo de autorregulamentação firmado pela indústria alimentícia junta à ABIA e à ABA em 2009. A resposta do Conar arquivando o caso veio quase dois meses depois, ...


Temos mais um motivo para continuar o debate sobre ética e regulação de publicidade dirigida a crianças. O editorial de hoje da Folha de S.Paulo afirma que a responsabilidade de educar os filhos é só dos pais e que o Conar é a única entidade capaz de garantir a ética no setor. Será? Não é o que temos visto... Além de insuficiente para lidar com denúncias da população, o Conar ainda se mostrou nada comprometido com a infância brasileira. Na ...


O deputado Emiliano José (PT-BA) fez discurso ontem em Plenário, manifestando-se a favor do Instituto Alana e repudiando a atitude do CONAR. O deputado se coloca não só contra o arquivamento da denúncia do Instituto Alana - para ele, considerado um "equívoco" - mas também debate os argumentos explicitados no parecer do CONAR, que, a seu ver, foi "inaceitável". O político ainda relata sua falta de confiança na autorregulamentação: "não confio na possibilidade de a autorregulamentação ser suficiente para conter ...


O que você acha de uma organização que pretende fiscalizar a ética da publicidade e assina por unanimidade um parecer como esse sobre uma denúncia da sociedade civil organizada? Na semana passada, a equipe do Projeto Criança e Consumo, do Instituto Alana, recebeu com espanto e indignação o relatório do Conar a respeito de um questionamento sobre campanha do McLanche Feliz, veiculada em cinemas durante trailer do filme infantil "Rio" e que falava diretamente com crianças.O caso, que repercutiu na ...


Página 1 de 2