Тag : consequencia do consumismo

O auditório do sindicato dos engenheiros do Rio de Janeiro ficou pequeno para assistir a fala de Frei Betto sobre "Infância, Valores e Sustentabilidade". Para recepcionar o público e esquentar o debate, foi exibida a versão curta do documentário "Criança, a alma do negócio". A fala de frei Betto começou por um resgate sobre como foi sua própria infância, um tempo pré-televisivo sem traquitanas eletrônicas em que as crianças se divertiam através da imaginação. O advento da televisão aos poucos ...


Uma das pessoas mais respeitadas no Brasil nas discussões sobre sustentabilidade, a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva falou à equipe do Alana sobre a importância de proteger a infância do verdadeiro bombardeio de apelos para o consumo. Segundo ela, governo, sociedade, meios de comunicação e empresas têm o dever compartilhado de garantir essa proteção. "As pessoas estão intoxicadas pelo consumo", comentou Marina sobre o materialismo, que ameaça o futuro das crianças. Ela ainda chamou a atenção para a necessidade ...


Helio Mattar, do Instituto Akatu, lança seu olhar sobre os hábitos de consumo, aqueles que se aprende desde a infância. Para ele, repensar o consumismo na infância é refletir sobre nosso modelo civilizatório. Em tempos de Rio+20, discutir o consumismo é também discutir sustentabilidade, afinal os padrões de consumo das crianças, as tais "gerações futuras", está sendo construído hoje. Confira a entrevista:


O Instituto Alana e as organizações parceiras Aliança pela Infância, Conselho Federal de Psicologia (CFP), Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), Instituto Akatu e Movimento Infância Livre do Consumismo (ILC) realizaram um side event neste 13 de junho na programação oficial da Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), no Rio Centro, Rio de Janeiro. O tema abordado na mesa de discussão, que teve mais de duas horas de duração, foi criança, publicidade e sustentabilidade. Ao menos ...


Adriana Charoux, do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), fala sobre consumo, consumismo, Rio+20 e Cúpula dos Povos. Algumas perguntas são lançadas. A principal delas é sobre o conceito de felicidade que temos hoje. Temos sido estimulados a acreditar no vínculo entre felicidade e consumo, mas na verdade esse vínculo produz apenas o consumismo. E o consumismo é um fator que pressiona pela insustentabilidade ambiental. Há portanto um vínculo claro entre tratar de consumo e meio ambiente, já que ...


Amanhã, 15 de outubro, é Dia do Consumo Consciente. A data foi criada há dois anos pelo Governo Federal como forma de dar relevância às discussões em torno da educação ambiental e dos impactos de nossos estilos de vida na sustentabilidade econômica e socioambiental.É cada vez mais necessário que todos nós façamos escolhas conscientes na hora de consumir e que nossas crianças sejam educadas desde pequenas com a ideia de que é preciso diminuir o impacto de nossas ações no ...


A educadora e psicóloga Susan Linn, criadora da Campaign for a Commercial Free Childhood, era uma das convidadas para o debate sobre o excesso de brinquedos e a importância do brincar, que aconteceu na segunda-feira passada, na Livraria da Vila. No entanto, Susan não pôde ficar no evento, e deixou uma mensagem em que comenta sobre a erosão da brincadeira criativa.A psicóloga ressaltou a importância do brincar: "a brincadeira criativa é a fundação do aprendizado, da criatividade, da resolução construtiva ...


A imprensa já está atenta à discussão da regulação da publicidade dirigida a crianças. Hoje, 27 de setembro, mais uma vez um veículo de grande circulação dá espaço para o tema, com nota publicada na coluna da Mônica Bergamo, no jornal Folha de S.Paulo (veja ao lado). Não é a primeira nem será a última vez que o assunto será abordado, afinal trata-se de um interesse de toda a sociedade, principalmente dos pais contemporêneos. No entanto, o mercado insiste em ...


A psicóloga Maria Helena Masquetti, do Projeto Criança e Consumo, participou do programa allTV Debate, que abordou as consequências do consumismo infantil. Maria Helena falou sobre a influência da publicidade no público infantil, considerado hipervulnerável. "Pela criança acreditar no que ela ouve e no que ela vê, fica muito mais fácil dizer algo fantasioso, ou lúdico, e convencê-la de que ela precisa daquele brinquedo", explicou.Assista a íntegra do programa:


Durante mais de duas horas de palestra, educadores, pais e líderes comunitários foram inundados com informações e dados sobre o problema da mercantilização da infância. Esse foi o resultado da “Capacitação de Multiplicadores: Desafios e alternativas para o problema do consumismo na infância”, realizada ontem no Sesc Pinheiros, que tinha como objetivo levar conteúdo e formar profissionais capazes de replicar o conhecimento a respeito do consumismo infantil, para conscientizar cada vez mais pessoas sobre o problema. A capacitação em São ...


Página 1 de 2