Uma parceria entre o McDonald’s e a editora de livros HarperCollins reacendeu o debate sobre venda de alimentos com brindes. Nessa semana, a rede de fast food anunciou uma ação na Inglaterra que substitui os tradicionais brinquedos do McLanche Feliz por livros de Michael Morpurgo, autor da série infantil Mudpuddle Farm e do best seller War Horse – esse último virou filme, que tem estreia marcada para o fim de semana naquele país.

A notícia foi divulgada em jornais como The Guardian, The Telegraph e Huffington Post.

Nove milhões de livros serão distribuídos entre 11 de janeiro e 7 de fevereiro junto com o McLanche Feliz. Para ter acesso ao livro, as crianças até podem comprá-lo separadamente. Mas é importante ressaltar aqui que, nas campanhas publicitárias, essa informação passa despercebida e o que se incentiva mesmo é o consumo do combo.

A sociedade está dividida. Muitos apoiam a ação, que tem o aval da ONG National Literacy Trust. Outros não.

Um dos questionamentos é se vale a pena associar consumo de alimentos não saudáveis a livros, frente ao aumento da obesidade infantil.  Outro é se ações de marketing são de fato uma boa estratégia para incentivar hábitos saudáveis nas crianças, não só alimentares, mas também culturais e sociais, ou se isso aprofundaria ainda mais o problema do consumismo infantil.

Sem dúvida, é muito preocupante que crianças não leiam – às vezes até por não ter condições de comprar um livro. No entanto, é igualmente alarmante um mundo em que o acesso a informação, saúde, lazer, cultura, educação está cada vez mais dependente dos interesses dos gigantes da indústria.

Compartilhe :   
  1. Diogo Silva
    Diogo Silva em Sexta-feira 13 Janeiro 2012 21:30
    Realmente ações a favor da leitura na infancia são sempre positivas e bem vindas mas não necessariamente, ou melhor, não é vivel que ao mesmo tempe seja incentivado a alimentação não saudavel. O interesse e estigação ao consumismo é evidente, acreditando também que o foco agora sejam os pais que uniram o util ao agradavel, ou seja, a vontado dos filhos de consumir o alimento inadequado (com grande frequencia) e o interesse dos pais com que os filhos tenham o habito de ler.
  2. Equipe Criança e Consumo
    Equipe Criança e Consumo em Terça-feira 24 Janeiro 2012 15:22
    Concordamos com você, Diogo! Estimular é leitura é sempre um ato louvável. Mas nos preocupa muito que o hábito da leitura seja associado ao consumo de alimentos não saudáveis... Obrigado por acompanhar nosso blog e interagir conosco.
  3. Felipe Medonça
    Felipe Medonça em Sexta-feira 27 Janeiro 2012 11:23
    Vale ressaltar que o Mc também fornece comidas "saudáveis". Apesar de conterem adtivo alimentar, os sucos, leites, saladas, saquinhos de cenouras e de frutas vendidas na Inglaterra entram muito bem em um cardápio de uma pessoa que segue uma dieta saudável. Estes alimentos também terão o livro como brinde. O que quero dizer é, se o livro está sendo levado com uma comida saudável ou não, será opção do consumidor.
  4. grertoorb
    grertoorb em Quarta-feira 09 Maio 2012 20:36
    Honourable bye, considerate friend :)

Comentários encerrados.